15 janeiro, 2009

Adversos


rosemari hauenstein ruch
poema de amor

30 Comments:

Blogger Avassaladora said...

Rose, que falar de algo tão encantador como esse Poema?
Lindo!
De uma paixão louca!
Parabens por escrever algo tão belo!


Beijos e carinhos

15 de jan de 2009 18:28:00  
Blogger BANDEIRAS said...

Uau !
Lindo poema, como o amor...

Bjs e bfs

15 de jan de 2009 23:31:00  
Blogger L. Kerr said...

Que lindo !

20 de jan de 2009 02:36:00  
Blogger BANDEIRAS said...

PASSANDO P/ DESEJAR-TE UM DOMINGO BEM GOSTOSO

BJS

24 de jan de 2009 23:56:00  
Anonymous Anônimo said...

É uma inspiração maravilhosa e deve ser doce!!!
bjs**

25 de jan de 2009 19:03:00  
Blogger Tainah εïз said...

Lindo!Lindo!Lindo!De verdade!
Bjos

25 de jan de 2009 23:23:00  
Anonymous Caçula said...

Carissima Rosemari,
ADVERSOS; tocou ás fibras mais recônditas de minha alma.
É supimpa;

Somos um misto
de sim e não talvez.

Somos intensamente tudo e assustadoramente nada.

26 de jan de 2009 15:20:00  
Blogger manzas said...

Encontrei este blogue por acaso…
Gostei e voltarei, com certeza…

Há dias…
Em que acordamos chuvosos
Ensopados em saudades choradas
Sentimentais, românticos
Emotivos, fantasiosos…
Amarrados em manhãs geladas

O eterno abraço…

28 de jan de 2009 16:54:00  
Blogger FERNANDA & ASTROLOGIA said...

OLÁ ROSE... LINDO POEMA E MAGNÍFICO O BLOGUE... PARABÉNS!!!
UM ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

29 de jan de 2009 10:59:00  
Blogger Roberto Henrique said...

Caçula tem razão: é supimpa.
Você é supimpa poetisa.

Grande abraço e tudo de bom.

2 de fev de 2009 19:34:00  
Blogger BANDEIRAS said...

OLÁ, TD BEM ?

ANDA SUMIDA,

SAUDADES...

BJS

5 de fev de 2009 00:31:00  
Blogger Zé Carlos said...

Oi menina, saudades de ti nos meus sites....
Um lindo dia.
Bjs **

5 de fev de 2009 10:41:00  
Blogger Delilah said...

Está mesmo muito bonito parabéns e parabéns pelo blog!

6 de fev de 2009 10:10:00  
Anonymous zymboo said...

Olá, bom dia!
Meu nome é Patrícia e trabalho com divulgação na empresa Zymboo.com.
Hoje temos um portal de conteúdo que abrange notícias nacionais, internacionais e regionais (www.zymboo.com).
Gostamos muito do seu blog e gostaríamos de convidá-lo a escrever para a página de cidades da Zymboo.
Estamos lançando um novo portal em que o internauta vai ficar por dentro de tudo o que acontece em sua cidade: notícias dos principais jornais e revistas, turismo, atrações, história, memória, cotidiano, esporte, diversão, curiosidades, serviços e muito mais! Não é apenas um portal de notícias, é um portal onde o cidadão vai interagir, opinar, enviar notícias, vídeos e imagens, colocar seu blog, indicar eventos, sugerir melhorias ou criticar aspectos do município. Participe do site você também, blogueiro, seja nosso Repórter Cidadão!
Basta enviar seus textos para serem publicados na Zymboo: falacidadao@zymboo-inc.com
Conheça também nosso blog: http://zymboocidades.blogspot.com/ 
 

18 de fev de 2009 10:31:00  
Blogger PoesiaMGD said...

Gostei do que aqui li. Deixo um convite:

http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3

20 de fev de 2009 07:38:00  
Anonymous Anônimo said...

Me desculpe por só hoje haver lido um cometário seu sobre o poema que fala dos olhos verdes da menina de Bruce Lee. Realmente, Rose, vi agora os seus e eles são lindos e verdes. Diz vc n ser manina. Mentira. Você é, na medida que capturou meu poema ... rs. Um abraço!!!

Ernâni Getirana.

23 de mar de 2009 15:53:00  
Blogger Simone Lima said...

Ola.. estou indicando seu Blog para ganhar o selo: Este blog é uma joia,, passa la no meu pra ver..

Um Beijo.

1 de abr de 2009 09:43:00  
Anonymous LivroPronto Editora said...

Olá Rose!

A LivroPronto Editora convida você, autor, para uma conversa sobre a publicação de sua obra.

Escreva para nós!
gabriela@livropronto.com.br

Um grande abraço!

7 de abr de 2009 19:03:00  
Blogger Roberto Henrique said...

E então?
Vem aqui e troca a música e nada de poema novo?
Por favor, publique!
Estamos esperando olhos verdes.
Isso é mesmo uma intimação, cumpra-a. rs

Abraços e espero que já esteja tudo bem.

30 de abr de 2009 23:58:00  
Blogger Falando de Amor said...

Suas poesias são sempre lindas...gosto de ler-te...bjos poetisa!

9 de mai de 2009 22:28:00  
Anonymous Anônimo said...

Ô de casa Rose? Sou eu Geraldo, bato àsua porta para lhe falar do belo de seus escritos. Eu vi o claro da lua hoje bem cedo, gosto de vir aqui para banhar minha alma com as palavras que saem do seu âmago. Palmas! Palmas! Esse teatro não tem fim nem poltronas, somente espectadores. Bis!Palmas!De pé, Geraldo de Caicó.

12 de mai de 2009 08:41:00  
Blogger O Seu Livre Arbítrio said...

Olá, passei pelo blog e adorei os poemas. Voltarei mais vezes.

17 de mai de 2009 02:21:00  
Blogger Roberto Ney said...

que lindo poema.
"somos assustadoramente tudo e intensamente nada"...
como diria milton nascimento: " a vida é mesmo assim, dia e noite, não e sim".
sempre nos deparamos com um imenso rol de possibilidades. e isso é muito bom...
grande abraço e pode me esperar para mais visitas.

20 de mai de 2009 21:10:00  
Blogger Viviane Souza said...

Indiquei seu blog para um selo, dê uma passadinha no meu para pegar.
Veja as regras no marcador networking. E o selo é só copiar e colar, está no final do blog à direita.
Aproveito para parabenizar belo conteúdo do blog!
Att., Viviane
http://gestaocompessoas-vivianesouza.blogspot.com

12 de jun de 2009 21:38:00  
Anonymous Valter Montani said...

Olá tudo bem?

Passei para conhecer seu blog e gostei muito, venha conhecer o meu e se interessar podemos fazer parceira de links, tenho dois:
http://valterpoeta.blogspot.com
http://poetacards.blogspot.com
e um de selos e prêmios
http://galeriadopoeta.blogspot.com

saudações poéticas

22 de jun de 2009 15:24:00  
Blogger Viviane Souza said...

Indiquei 03 selos para o seu blog. Passe no meu blog para pegá-los!
Tem algumas regrinhas, bjs

3 de jul de 2009 14:26:00  
Blogger Delion said...

indecisão...
um sim...
ou um não...
talvez ...

indeciso é o nosso fim...
inacabado... sim...
mal contado não ...
um futuro abandonado... talvez
na calçada da vida... onde a vida se refez

somos um sim de tempestade
um não de eternidade
de insanidade talvez

somos a noite escura
que escondeu as amarguras
que a manha iluminada desfez

somos a soma de tudo aquilo que sentimos,
de tudo aquilo que não levamos
no dia que partimos

thelyonn@hotmail.com

30 de mar de 2010 23:46:00  
Blogger Porta-Sonhos said...

Belíssimo e tocante.

Bjo.

29 de jan de 2011 14:01:00  
Blogger Devaneios Da Difícil Vida Fácil said...

Simplemente Adorei!!!

vou seguir seu blog.

Beijinhos

22 de mar de 2011 21:47:00  
Blogger Devaneios Da Difícil Vida Fácil said...

Simplesmente Adorei!

Beijinhos

22 de mar de 2011 21:53:00  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home